Homens são mais sensíveis no ambiente de trabalho do que mulheres/ foto: Pixabay
Homens são mais sensíveis no ambiente de trabalho do que mulheres/ foto: Pixabay

Homens são mais sensíveis no ambiente de trabalho do que mulheres, diz estudo britânico

Pesquisa realizada com 2 mil pessoas mostrou que homens são mais propensos a se sensibilizarem com críticas e ideias ignoradas


Um estudo realizado por uma universidade do Reino Unido constatou que os homens são duas vezes mais sensíveis que as mulheres no ambiente de trabalho. De acordo com a pesquisa, a tendência é que os homens fiquem mais chateados quando são criticados ou têm suas ideias ignoradas do que as mulheres. 

O estudo mostrou também que 43% dos trabalhadores do sexo masculino costumam gritar quando estão nesse tipo de situação. A chance de pediram demissão também é maior. Cerca de 20% deixaria o emprego se estivesse nessas condições. 

O levantamento foi realizado com duas mil pessoas e foi divulgado no início de janeiro em um site de empregos local. Segundo pesquisadores da universidade britânica, os homens são mais propensos a relatar emoções associadas ao poder e ao status.    
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Um estudo realizado por uma universidade do Reino Unido constatou que os homens são duas vezes mais sensíveis que as mulheres no ambiente de trabalho. De acordo com a pesquisa, a tendência é que os homens fiquem mais chateados quando são criticados ou têm suas ideias ignoradas do que as mulheres. 

O estudo mostrou também que 43% dos trabalhadores do sexo masculino costumam gritar quando estão nesse tipo de situação. A chance de pediram demissão também é maior. Cerca de 20% deixaria o emprego se estivesse nessas condições. 

O levantamento foi realizado com duas mil pessoas e foi divulgado no início de janeiro em um site de empregos local. Segundo pesquisadores da universidade britânica, os homens são mais propensos a relatar emoções associadas ao poder e ao status. 

Reportagem, Jalila Arabi.