Toda a população do município paulista, estimada em 33 mil famílias, será beneficiada pela obra de drenagem urbana sustentável, que contou com R$ 81,2 milhões de investimentos federais (Foto: Adalberto Marques/MDR)
Toda a população do município paulista, estimada em 33 mil famílias, será beneficiada pela obra de drenagem urbana sustentável, que contou com R$ 81,2 milhões de investimentos federais (Foto: Adalberto Marques/MDR)

Governo Federal inaugura obra de drenagem urbana no Córrego Sul de Sertãozinho (SP)

Executada pela prefeitura de Sertãozinho, a intervenção tem como objetivo conter enchentes na cidade


O Governo Federal entregou, nesta sexta-feira, 10 de setembro, obra de drenagem urbana sustentável na cidade de Sertãozinho, no estado de São Paulo. 

Executada pela prefeitura de Sertãozinho, a intervenção tem como objetivo conter enchentes na cidade. A obra recebeu mais de 80 milhões de reais em investimentos do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

Presente ao evento, o ministro Rogério Marinho reforçou o compromisso do Governo Federal em dar continuidade às obras já iniciadas. Ele também ressaltou o impacto da obra entregue para a população de Sertãozinho.

"Nós entendemos que as obras não podem ser paralisadas. E essa obra é uma obra que melhora extraordinariamente a qualidade de vida dos moradores de Sertãozinho. Desde a questão da prevenção das cheias, que ocorrem de forma ocasional, até a canalização do córrego, o parque linear que foi feito aqui, belíssimo, que vai permitir agregar um novo espaço aqui para a cidade de Sertãozinho. Não só para quem mora aqui, mas para aqueles que visitam a cidade. Então, o trabalho de macrodrenagem e de saneamento integrado que foi feito valoriza a cidade, melhora a qualidade de vida, impacta na saúde dos habitantes, enfim. É uma obra que pra nós é extremamente importante e é muito prazeroso estar aqui presente". 

As intervenções envolveram o alargamento do canal existente, a criação de um reservatório de retenção e a construção de 15 pontes de concreto armado, além de área de lazer com pista de corrida e ciclovia.

Solange Aparecida é vendedora de sorvete. Moradora de Sertãozinho há 41 anos, ela afirmou que a cidade melhorou com as obras de drenagem urbana e saneamento integrado.

"Aqui era bem largado. Uma cidade largada, que não tinha nada. Ninguém ligava pra nada. Agora, em compensação, é uma cidade boa. Até a rodoviária enchia de água, né? Que o pessoal subia até no pilar. Agora hoje, não. Hoje melhorou bem".

Toda a população de Sertãozinho, estimada em 33 mil famílias, será beneficiada com a nova infraestrutura. 

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em saneamento básico, acesse mdr.gov.br.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Governo Federal entregou, nesta sexta-feira, 10 de setembro, obra de drenagem urbana sustentável na cidade de Sertãozinho, no estado de São Paulo. 

Executada pela prefeitura de Sertãozinho, a intervenção tem como objetivo conter enchentes na cidade. A obra recebeu mais de 80 milhões de reais em investimentos do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

Presente ao evento, o ministro Rogério Marinho reforçou o compromisso do Governo Federal em dar continuidade às obras já iniciadas. Ele também ressaltou o impacto da obra entregue para a população de Sertãozinho.

TEC/SONORA: ROGÉRIO MARINHO 

"Nós entendemos que as obras não podem ser paralisadas. E essa obra é uma obra que melhora extraordinariamente a qualidade de vida dos moradores de Sertãozinho. Desde a questão da prevenção das cheias, que ocorrem de forma ocasional, até a canalização do córrego, o parque linear que foi feito aqui, belíssimo, que vai permitir agregar um novo espaço aqui para a cidade de Sertãozinho. Não só para quem mora aqui, mas para aqueles que visitam a cidade. Então, o trabalho de macrodrenagem e de saneamento integrado que foi feito valoriza a cidade, melhora a qualidade de vida, impacta na saúde dos habitantes, enfim. É uma obra que pra nós é extremamente importante e é muito prazeroso estar aqui presente". 

LOC: As intervenções envolveram o alargamento do canal existente, a criação de um reservatório de retenção e a construção de 15 pontes de concreto armado, além de área de lazer com pista de corrida e ciclovia.

Solange Aparecida é vendedora de sorvete. Moradora de Sertãozinho há 41 anos, ela afirmou que a cidade melhorou com as obras de drenagem urbana e saneamento integrado.

TEC/SONORA: Solange Aparecida

"Aqui era bem largado. Uma cidade largada, que não tinha nada. Ninguém ligava pra nada. Agora, em compensação, é uma cidade boa. Até a rodoviária enchia de água, né? Que o pessoal subia até no pilar. Agora hoje, não. Hoje melhorou bem".

LOC: Toda a população de Sertãozinho, estimada em 33 mil famílias, será beneficiada com a nova infraestrutura. 

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em saneamento básico, acesse mdr.gov.br

Reportagem, Vicente Melo