Foto: Dênio Simões/MDR
Foto: Dênio Simões/MDR

Conheça as principais ações do MDR para melhorar a vida dos brasileiros

Detalhamento das ações foi realizado pelo ministro Rogério Marinho durante debate promovido pelo curso de mestrado em Direitos Sociais do Centro Universitário IESB


As principais ações do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para melhorar a qualidade de vida do brasileiro foram destacadas pelo ministro Rogério Marinho durante debate promovido pelo curso de mestrado em Direitos Sociais do Centro Universitário IESB, em Brasília (DF).

A conversa levou em conta as áreas de atuação do Governo Federal em relação à habitação, saneamento básico, segurança hídrica, mobilidade urbana, desenvolvimento regional e urbano e defesa civil. De acordo com o ministro Marinho, as obras e ações nesses setores são transformadoras para milhares de brasileiros.

E para ilustrar essa avaliação, o ministro usou um exemplo recente, ocorrido na semana passada, quando ele esteve em São Miguel, interior do Rio Grande do Norte. Na ocasião, Marinho acompanhou a perfuração de um dos 20 poços artesianos que vão abastecer pessoas que vivem em comunidades rurais.

Programa de redução voluntária do consumo de energia prevê incentivos financeiros a indústrias

Covid-19 afeta sistema renal das vítimas

“Fico emocionado em ver a água chegar a lugares que, historicamente, não tiveram acesso a ela. Levar água é levar desenvolvimento e dar mais dignidade para essas populações. Por isso, temos feito investimentos pesados para garantir a segurança hídrica, especialmente no Nordeste. Segurança hídrica é um pacto civilizatório”, destacou o ministro.

A perfuração de poços artesianos faz parte da estratégia do Governo Federal para garantir segurança hídrica e reduzir a dependência por carros-pipa pelos municípios do Semiárido. São Miguel é um dos 47 municípios do estado beneficiados com a perfuração de poços. Em todo o Rio Grande do Norte, serão abertos 275 poços, com investimento total de R$13,2 milhões.

O debate também passou por temas como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Um dos 17 objetivos trata sobre o fornecimento de água potável e oferta de saneamento básico. Sobre essa questão, o ministro Rogério Marinho enfatizou o compromisso do Governo Federal em atingir as metas estabelecidas pelo Marco Legal do Saneamento.

“O Marco do Saneamento estipula os parâmetros para a universalização dos serviços de água e esgoto. Ele trouxe uma nova perspectiva de investimentos para o setor que vai beneficiar e muito o conjunto da população brasileira”, afirmou. Segundo a nova lei, a meta é que 99% da população tenha acesso a abastecimento de água até 2033 e 90%, a coleta e tratamento de esgoto.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: As ações, programas e investimentos do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, têm potencial para transformar a vida de milhões de brasileiros. A síntese foi feita pelo ministro Rogério Marinho durante debate promovido por um centro universitário de Brasília, no Distrito Federal, nesta quarta-feira, 8 de setembro.

Marinho utilizou um exemplo bastante recente para ilustrar a importância do MDR na vida das pessoas. A perfuração de um poço, segundo Rogério Marinho, foi suficiente para dar uma nova qualidade de vida para moradores do interior do Rio Grande do Norte.

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional

“Para mim, não há nada que emocione mais do que ver as águas chegando em um local que não tem água. Estive em São Miguel, próximo a Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, neste final de semana, e assisti à perfuração e instalação de um poço artesiano em uma comunidade de 100 pessoas. Um cidadão de 78 anos me aborda e diz: eu vou tomar um banho de chuveiro pela primeira vez na minha vida. Ele tem 78 anos. Então, isso é muito forte, porque você muda a realidade da pessoa que passou 78 anos da vida dele tomando água de uma cacimba e rezando que a chuva viesse para poder repor o reservatório antes que ele secasse.”

LOC.: Durante a apresentação, Rogério Marinho falou sobre todas as áreas de atuação do MDR. Além de garantir segurança hídrica, o ministério atua em habitação, desenvolvimento regional e urbano, saneamento básico, defesa civil e mobilidade urbana.

Para saber mais sobre essas e outras ações do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.