Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 11 cidades da Região Sul do País

Todas registraram fortes chuvas entre o fim de setembro e início de novembro deste ano


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu, nesta quarta-feira (24), a situação de emergência em 11 cidades da Região Sul do País atingidas por fortes chuvas entre o fim de setembro e início de novembro deste ano.

No Rio Grande do Sul, três cidades receberam o reconhecimento federal devido à queda de granizo. São elas: Charrua, Glorinha e Gramado dos Loureiros.

Em Santa Catarina, os municípios de São Cristovão do Sul e Lajeado Grande também registraram queda de granizo, enquanto Irani passou por fortes vendavais.

Por fim, no Paraná, cinco cidades tiveram o reconhecimento federal de situação de emergência. Jesuítas, Lupionópolis e Mandaguaçu registraram vendavais. Já em Morretes, a causa foram enxurradas e, em Goioerê, queda de granizo.

Como solicitar recursos federais

Com o reconhecimento federal de situação de emergência, os gestores desses municípios podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública danificada pelo desastre.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Governo Federal reconheceu nesta quarta-feira, 24 de novembro, a situação de emergência em 11 cidades da Região Sul atingidas por fortes chuvas entre o fim de setembro e o início de novembro deste ano.

Cinco delas estão no Paraná. Lupionópolis, Mandaguaçu e Jesuítas registraram vendavais. Já em Morretes, a causa foram enxurradas e em Goioerê, queda de granizo.

No Rio Grande do Sul, três cidades entraram em situação de emergência, todas vítimas de granizo. Estão nessa situação Charrua, Glorinha e Gramado dos Loureiros.

Já em Santa Catarina, três municípios também obtiveram o reconhecimento federal. Em Lajeado Grande e em São Cristóvão do Sul, a causa foi queda de granizo. Já Irani passou por um vendaval. 

Com o reconhecimento federal da situação de emergência, os gestores desses municípios podem pedir auxílio financeiro ao Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR. O coronel Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como os recursos podem ser utilizados.

TEC./SONORA: Cel. Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil
“Os recursos da Defesa Civil Nacional podem ser empregados de três formas: socorro da população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas pelo desastre.”

LOC.: As solicitações de reconhecimento de situação de emergência e de repasse de recursos devem ser feitas pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2iD. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo