Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o usuário realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Política de privacidade

Nós do Brasil 61 coletamos e usamos alguns dados dos nossos leitores com o intuito de melhorar e adaptar nossas plataformas e nossos produtos. Para isso, agimos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018) e nos esforçamos para sermos transparentes em todas nossas atividades.

Para podermos oferecer melhores serviços e veicular peças publicitárias de nossos anunciantes, precisamos conhecer certas informações dos nossos usuários.

COMO O BRASIL 61 COLETA SEUS DADOS

– Quando você se cadastra e cria um usuário no Brasil 61

Quando você entra no nosso site, fornece informações (dados) para a criação do usuário. Estes dados são usados para orientar a estratégia do Brasil 61 e o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos. Essas informações são fornecidas voluntariamente por você leitor e não são compartilhadas com nenhum terceiro.

– Quando você acessa o site do Brasil 61 (www.brasil61.com.br) ou abre uma de nossas newsletters enviadas por e-mail

O Brasil 61 usa tecnologias como cookies e pixel tags para entender como é a sua interação com as nossas plataformas. Esses dados permitem saber, por exemplo, de que dispositivo você acessa o site ou em que links você clicou e quanto tempo permaneceu lendo as notícias. 

COMO O BRASIL 61 USA OS SEUS DADOS

Nós, do Brasil 61, usamos seus dados sempre com a principal intenção de melhorar, desenvolver e viabilizar nossos próprios produtos e serviços a você leitor.

Seus dados são sempre analisados de forma não individualizada, mesmo os que são fornecidos vinculados seu nome ou ao seu endereço de e-mail. 

Os dados em conjunto são analisados para criar relatórios estatísticos de audiência sobre as páginas, textos e meios de acesso ao site e às newsletters. 

Esses relatórios são compartilhados com nossos anunciantes e patrocinadores e servem para modelar estratégias e campanhas institucionais.

As informações que você fornece durante a criação do cadastro do seu usuário no Brasil 61 são utilizadas para a formulação de estratégia comercial e desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços.

Essas informações individualizadas podem ser usadas pelo Brasil 61 para o envio de campanhas comerciais e divulgação de serviços e/ou produtos próprios. Não são compartilhadas com nenhum terceiro.

As informações captadas por meio de cookies e pixel tags são usadas em relatórios internos de monitoramento da audiência e também em relatórios para os anunciantes verificarem a efetividade de suas campanhas. Essas informações não estão vinculadas a nome ou e-mail dos leitores e são sempre avaliadas de forma não individualizada.

O Brasil 61 compartilha informações captadas por meio de cookies e pixel tags com terceiros, como anunciantes, plataformas de redes sociais e provedores de serviço – por exemplo, o serviço de envio de e-mails. O Brasil 61 também em seu site cookies de terceiros que captam informações diretamente do usuário, de acordo com suas próprias políticas de privacidade e uso de dados. 

O QUE O BRASIL 61 NÃO FAZ COM SEUS DADOS

– Não monitoramos ou coletamos dados de páginas que não pertencem ao Brasil 61.
– Não compartilhamos ou vendemos para terceiros nenhuma informação identificável.

O QUE VOCÊ PODE FAZER SE NÃO QUISER MAIS QUE SEUS DADOS SEJAM USADOS PELO BRASIL 61

– Caso não queira que o Brasil 61 use nenhum tipo de cookies, altere as configurações do seu navegador. Nesse caso, a exibição de anúncios e mensagens importantes do Brasil 61 e de nossos anunciantes pode ser prejudicada.

– Caso queira deixar de receber algum newsletter ou e-mail de alertas de notícias, basta clicar em “Unsubscribe”, na parte de baixo do e-mail enviado pelo Brasil 61. 

– Caso queira excluir seu usuário e apagar seus dados individuais da base do Brasil 61, basta enviar um e-mail para: privacidade@brasil61.com

 Última atualização: 24 de dezembro de 2020 

expresso-61

05/03/2021 09:00h

Medida deve beneficiar cerca de 42 mil amazonenses

Baixar áudio

O Ministério de Minas e Energia (MME) determinou a execução das obras de interligação de sistemas elétricos isolados e regiões remotas, no estado do Amazonas, com recursos da Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). A medida foi publicada na Portaria n° 492 do Diário Oficial da União.

Ao todo serão investidos R$ 191 milhões para a construção de novos sistemas, pela distribuidora Amazonas Energia, que vão beneficiar cerca de 42 mil amazonenses, nos municípios de Itapiranga, Rio Preto da Eva e Silves. O prazo para fazer a interligação termina em julho de 2022.

Outras três distribuidoras da Região Norte do País também solicitaram a interligação ao Sistema Interligado Nacional. Com isso, serão aplicados R$ 1,4 bilhão em obras, que poderão beneficiar 629 mil pessoas. Os recursos também são provenientes da Conta de Consumo de Combustíveis.

Contas de luz nas regiões Norte e Nordeste terão aumento reduzido nos próximos anos

Covid-19: Municípios amazonenses recebem usinas de oxigênio para combate à pandemia

A CCC é um encargo pago por todas as distribuidoras de energia elétrica, usado para subsidiar os custos anuais de geração em áreas que ainda não são integradas ao Sistema Nacional – os chamados Sistemas Isolados. A estimativa do governo federal é atingir uma economia de R$ 4,27 bilhões nas despesas da CCC, ao longo de 15 anos.

Copiar o texto
Educação
05/03/2021 08:00h

Serão investidos R$ 500 milhões para apoiar as prefeituras

Baixar áudio

Buscando fortalecer o regime de cooperação entre estado e municípios mineiros no atendimento educacional, o governo de Minas lançou o projeto “Mãos Dadas”, da Secretaria de Estado de Educação (SEE). A iniciativa terá apoio e incentivo para que as cidades ampliem a oferta dos anos iniciais do ensino fundamental.

Serão investidos R$ 500 milhões para apoiar as prefeituras. O recurso poderá ser utilizado para a construção de escolas, aquisição de mobiliários, execução de obras e reformas, entre outras ações.

MINUTO UNICEF: Por que é importante reabrir as escolas em segurança?

Escolas recebem R$ 62 milhões para garantir água e saneamento básico

O projeto possibilitará a aproximação das decisões pedagógicas e administrativas do município focadas nas necessidades dos alunos de anos iniciais, criando uma unidade pedagógica no ciclo da infância.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação, o foco do Estado no ensino médio é garantir melhores resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em Minas.

Copiar o texto
04/03/2021 14:00h

Esse lote será destinado à aplicação da segunda dose em pessoas que já receberam a primeira

Baixar áudio

A remessa de 174,8 mil doses de vacinas CoronaVac, contra a Covid-19, que começaram a ser distribuídas aos municípios gaúchos.  A entrega depende da logística das equipes da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Esse lote será destinado à aplicação da segunda dose em pessoas que já receberam a primeira. 

O prazo do esquema vacinal da CoronaVac é de duas a quatro semanas, mas a recomendação no Estado é que seja em 28 dias. A segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca deve ser aplicada com 12 semanas de intervalo. 

Covid-19: consórcio público para aquisição de vacinas será instalado em março

Todos os idosos da cidade do Rio devem ser vacinados, até o fim de abril, contra Covid-19

Esta é a sexta remessa de vacinas contra o coronavírus enviadas ao estado, que também já recebeu doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca. Os dois lotes mais recentes chegaram ao RS na semana passada, no dia 24 de fevereiro, com 84,2 mil doses da CoronaVac e 135 mil da Oxford/AstraZeneca.

Com a nova remessa desta semana, o estado já recebeu 1.098.400 doses, incluindo os dois tipos de vacina. 

Copiar o texto
04/03/2021 13:10h

O objetivo é atender aos estudantes em situação de vulnerabilidade, que se alimentam na escola ou não possuem acesso à tecnologia, para estudo remoto

Baixar áudio

O governo de São Paulo confirmou que as escolas estaduais vão continuar com atividades presenciais, mesmo na fase vermelha – a mais restritiva do Plano SP. O objetivo é atender aos estudantes em situação de vulnerabilidade, desde que respeitados os protocolados de segurança sanitária. Além disso, as unidades só poderão receber, no máximo, 35% dos alunos matriculados, diariamente. 

A educação básica adotou o modelo híbrido, com atividades presenciais e remotas, de acordo com a necessidade de cada unidade. A prioridade para o ensino em classe são os alunos que têm necessidade de se alimentar na escola, os que possuem dificuldade de acesso à tecnologia ou não possuem equipamentos necessários para estudar em casa. A frequência presencial não é obrigatória e o ensino remoto será mantido. 

MINUTO UNICEF: Por que é importante reabrir as escolas em segurança?

Ferramenta ajuda escolas públicas a compartilharem livros didáticos

Segundo o governo estadual, as escolas ficarão abertas para fornecer refeições para todos os estudantes, inclusive aqueles que não puderem participar das aulas presencialmente, por conta do limite máximo de alunos permitido em classe.

Já as escolas da rede municipal e particular possuem autonomia para fazerem o próprio planejamento, respeitando os limites legais e os protocolos sanitários do Plano SP.

Copiar o texto
04/03/2021 10:40h

Distribuição aos municípios começa na quinta-feira (4) e vai contemplar idosos 78 anos ou mais

Baixar áudio

O Ministério da Saúde enviou uma nova remessa com 28.800 doses da vacina Coronavac ao estado de Alagoas. Os imunizantes chegaram pelo Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió. A distribuição aos municípios tem início hoje (4) e ocorre por meio das Centrais de Distribuição, localizadas na capital e na cidade de Arapiraca. 

As Secretarias Municipais de Saúde devem solicitar as vacinas e os insumos, pelo Sistema de Informações de Insumos Estratégicos, e agendar a retirada diretamente com as Centrais de Distribuição de Maceió e Arapiraca, pelo e-mail redefrioalagoas@gmail.com.

A nova remessa deve contemplar as pessoas com 78 anos ou mais – o que representa pouco mais de 10 mil alagoanos. Segundo o governador de Alagoas, Renan Filho, as novas doses também darão continuidade na vacinação dos profissionais de saúde.

Sebrae lança nova campanha para incentivar retomada segura da economia

Governos estaduais adotam novas restrições contra a Covid-19

Com o novo lote, Alagoas totaliza 228.860 doses de imunizantes contra a Covid-19 disponibilizados para a população. Desde janeiro, 99.303 pessoas já receberam a primeira dose. Em fevereiro, a Secretaria de Estado de Saúde iniciou a aplicação da segunda dose nos profissionais de saúde, dos quais 8.401 já foram contemplados.

Copiar o texto
03/03/2021 12:00h

Foram investidos, aproximadamente, R$40 milhões

Baixar áudio

Na terça-feira (2), o governo federal entregou 150 km de pista revitalizada na BR 343, no Piauí. Foram investidos, aproximadamente, R$40 milhões de reais em recuperação, restauração e manutenção na rodovia que liga o sul e o norte do estado, passando pela capital Teresina e indo até o litoral piauiense.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), ficou responsável pelo projeto de revitalização que contempla a execução de serviços de restauração combinados com a manutenção. A solução foi a execução de uma capa asfáltica em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) em praticamente toda a extensão do subtrecho. Em apenas 12 km, foi executado um micro revestimento. 

A BR-343 é uma rodovia diagonal do Piauí, com ponto inicial na cidade de Luís Correia e o final na cidade de Bertolínia, passando pela capital Teresina, com uma extensão total de 742,8 km. É uma rodovia genuinamente piauiense, tendo início e fim dentro do próprio estado, possibilitando o acesso a outros 16 municípios.

Copiar o texto
02/03/2021 14:10h

Estimativa foi feita pelo prefeito Eduardo Paes, em cerimônia do aniversário da cidade

Baixar áudio

Todos os idosos com mais de 60 anos, da cidade do Rio de Janeiro (RJ), devem ser vacinados até o fim de abril, contra Covid-19. A previsão foi feita pelo prefeito Eduardo Paes, em cerimônia do aniversário da cidade. O gestor municipal também espera imunizar, neste prazo, as pessoas com algum tipo de comorbidade.

No entanto, segundo o prefeito, a cobertura vacinal depende da chegada das doses. Até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde informa que 346 mil cariocas já receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

Covid-19: estados e municípios poderão assumir a responsabilidade civil por efeitos adversos provocados pela vacina

Punição trabalhista a funcionário que recusa vacina é discutida

O prefeito Eduardo Paes disse ainda que, por enquanto, não há previsão de decretar lockdown ou aumentar as restrições na cidade do Rio, porque, segundo ele, há uma diminuição de casos, de internações e de óbitos pela doença, no município.

Copiar o texto
02/03/2021 13:30h

Governo federal irá investir R$ 4 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil

Baixar áudio

A Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura, autorizou a contratação de obras no aeroporto de Tangará da Serra (MT). Ao todo, R$ 4 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil serão destinados às reformas. O valor total da obra é de R$ 10 milhões, portanto, os 60% que faltam serão compensados pelo estado.

O projeto contempla o recapeamento da pista de pouso e decolagem, mantendo a dimensão em 1.500 x 30 m; a construção de um novo pátio para aeronaves, com mais de 15 mil metros quadrados; além da taxiway – ambos com estrutura de pavimento para jatos de maior porte. Também estão previstas obras de drenagem, sinalização horizontal e vertical, balizamento luminoso, iluminação do pátio, biruta iluminada, PAPI e farol rotativo.

Estatal nuclear lança edital para retomada das obras de Angra 3

Ramal do Agreste promete distribuir água para até 2,2 milhões de pessoas

A previsão é que o edital de licitação seja publicado pelo governo do estado do Mato Grosso em até 45 dias. 

Copiar o texto
02/03/2021 12:30h

Segundo Secretaria de Saúde Municipal, mais de 300 mil pessoas já haviam recebido a primeira dose da contra contra o novo coronavírus até a última sexta (26)

Baixar áudio

A cidade do Rio de Janeiro vai vacinar pessoas com 79 anos ou mais contra a Covid-19 até a próxima quarta-feira (3). Também podem se vacinar, hoje e amanhã, os profissionais de saúde com mais de 60 anos e que ainda não receberam a primeira dose. 

A imunização ocorre nos postos de saúde e clínicas da capital fluminense entre 8h e 17h. A primeira dose também será aplicada no Planetário da Gávea; no Museu da República, no Catete; no Tijuca Tênis Clube e na Igreja Nossa Senhora do Rosário, no Leme.

Covid-19: estados e municípios poderão assumir a responsabilidade civil por efeitos adversos provocados pela vacina

Ministério da Saúde adquire 20 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 produzida na Índia

Copiar o texto
Agronegócios
01/03/2021 15:00h

Auditores analisaram os rótulos, bulas, embalagens, documentos e registro dos produtos

Baixar áudio

Força-tarefa do Ministério da Agricultura apreendeu 62 defensivos agrícolas irregulares em Tocantins. A ação mirou na produção e importação de agrotóxicos ilegais que estavam sendo armazenados em 10 empresas e comercializados aos produtores rurais.

Durante as fiscalizações, os auditores fiscais federais agropecuários analisaram os rótulos, bulas, embalagens, documentos e registro dos produtos. 

Instrução Normativa do Incra desburocratiza regularização fundiária

Segundo a pasta, a ação resultou na emissão de oito autos de infração, cinco notificações para as 10 empresas fiscalizadas e mais de 300 litros de produtos vencidos e em embalagens irregulares, que foram descartados em local apropriado.

Copiar o texto